Inicio REVISTA 44ª Edição

44ª Edição

Há um legado que temos de preservar: os cravos nas pontas das espingardas, a democratização dos direitos essenciais, a dignidade na doença, o respeito pela igualdade do ser que sofre. Conscientes do fim, façamos da exaustão o tempo imprescindível, fundamental para que Abril não seja mais um dia de maio.
— 44ª EDIÇÃO, ABRIL É UM DIA DE MAIO

Vá de retro!

«Conhecer não é demonstrar nem explicar. É aceder à visão.» Antoine de Saint-Exupéry, in Piloto de Guerra Lisboa efervesce e reinventa-se: sem entrar em dissertações teóricas...

Mundos de um Voluntário

Quem de nós nunca terá ouvido falar de voluntariado? Nunca como agora se viram tantos jovens envolvidos em projetos de índole social! É esta...

Médicos Storytellers

“Nestes dias assim de trabalho profissional intenso, cada sintoma pesado numa balança de precisão, cada golpe do bisturi na tangente do erro que o tornaria...

Eis a Questão: Investigação

Qual a biologia e comportamento do cancro da mama masculino? O cancro da mama no homem é uma doença rara, representando cerca de 1% de...

Eis a Questão: Curtas

Uma ideia, no mínimo, controversa. O que conhecemos até hoje leva-nos a afirmar que a má nutrição prejudica o funcionamento do sistema imune. Mas...
5,201FansCurti
1,034SeguidoresSeguir