Mais de 150 recém-licenciados sem acesso a Formação Específica

Medicina-a-venda-de-um-sonho

Há poucos minutos foram escolhidas as duas últimas vagas para Formação Específica.  Após a desistência de cerca de 200 candidatos, que não escolheram especialidade alguma, estima-se que mais de 150 recém-licenciados em lista tenham ficado sem acesso a Formação Específica – ou seja, sem acesso a uma especialidade. Recorde-se que, no ano passado, foram 114 os candidatos que não tiveram também acesso a qualquer vaga numa especialidade, cessando, por isso, no final deste ano, o seu vínculo com o Sistema Nacional de Saúde.

Este ano foram disponibilizadas 1675 vagas para 2046 candidatos. Se todos os candidatos concorressem para o número de vagas existente, exceptuando-se a este os 123 candidatos que pretendiam mudar de especialidade (e estando, por isso, limitados a 5% das vagas), 371 candidatos ficariam sem Formação Específica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here