Portugal deve ter medo do Ébola?