Os números do Concurso de Acesso à Formação Específica

Era já conhecido de todos que o número de vagas disponíveis no concurso de acesso a formação específica não seria suficiente para abarcar a totalidade dos candidatos. A FRONTAL debruça-se sobre os números.

Terminou hoje mais um concurso de acesso à formação específica e confirma-se o cenário esperado: todas as vagas foram preenchidas, mas ainda assim foram insuficientes para o número de candidatos a concurso. Verifica-se, pois, mais um ano com crescimento do número de médicos indiferenciados.

Desta forma, números preliminares apontam a que, dos 2393 candidatos, foram colocados os 1779 correspondentes a todas as vagas disponíveis; ao longo do processo verificaram-se 251 desistências, o que somado aos 363 que não tiveram oportunidade de escolher, eleva o número total de candidatos não colocados, este ano, aos 614. O cut off de nota da prova nacional de seriação fica, este ano, nos 47%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here