Treinos VS Livros, segundo Arnaldo Abrantes